Carrinho 0
A mulher da guarda - Solisluna Editora

A mulher da guarda

Ilustrações

  • Jacinta quer saber como sua mãe vai fazer para respirar dentro do caixão e suas tias lhe respondem que é melhor que ela vá cuidar de seus irmãos. De sua mãe, Jacinta lembra o som da colher batendo no copo quando ela mexia o leite para deixá-lo sem bolinhas. Jacinta ri com seus irmãos e seu pai quando ele consegue chegar cedo do trabalho e jantam juntos e ele acaba tirando de suas orelhas balas e guloseimas. Jacinta é um bichinho estranho, num mundo onde as outras crianças têm mãe. Jacinta não tem um anjo da guarda, mas uma mulher que viaja em um cavalo azul e sempre olha por ela.

  • Idioma: Português
    Formato: 18,5 x 21 cm
    Nº de páginas: 96
    Encadernação: Capa dura
    Ano de publicação: 2019

Sara Bertrand

Sara Bertrand mora e trabalha em Santiago do Chile. Estudou história e jornalismo na Universidad Católica de Chile, onde ministra o curso “Apreciação estética dos livros juvenis”. Trabalhou em jornais, revistas e no rádio. Ganhou a bolsa de criação literária do Conselho Nacional da Cultura e das Artes com Cuentos inoxidables e da Fundação Nuevo Periodismo Iberoamericano com Los acordes del mandinga. Foi também vencedora do concurso Alimón da colombiana Tragaluz Editores, junto com o escritor Francisco Montaña, com Nuestro gordo. Publicou na França, Colômbia, Equador, Bolívia, México, Venezuela e Espanha. Sua novela juvenil Ejercicio de supervivência foi traduzida ao francês.

Sara Bertrand
Alejandra Acosta

Alejandra Acosta

Reside e trabalha em Santiago do Chile. É designer e ilustradora. Em paralelo a seu trabalho como autora, dá aulas na disciplina “Oficina de ilustração” na Universidad del Desarrollo e na Universidad del Pacífico e é também professora de “Gestão e produção de publicações ilustradas” no curso de especialização da Pontifícia Universisad Católica. Ganhou a Medalla Colibrí do IBBY Chile na categoria Ilustração, com Aventuras y Orígenes de los pájaros (2012), El Árbol (2013) e Pajarario (2015).Foi finalista nos prêmios internacionais de álbuns ilustrados das editoras Kalandraka, Nostra e Fondo de Cultura Económica.