LIVRARIA

Carrinho 0

Visita à Bolonha

em

Por Paulo Tolentino Vieira [caption id="" align="alignnone" width="2000.0"] Centro histórico de Bolonha.[/caption] Sabe-se que Bolonha foi sede da primeira universidade criada no mundo lá pelos anos 1100. Por isso, com justiça, orgulha-se de ser um dos polos culturais mais importantes da Europa. Visito-a em março de 2014, por ocasião da Feira Internacional do Livro Infantil, cuja primeira versão aconteceu há 51 anos. Sendo, hoje, o maior evento do mundo, no gênero. A empresa brasileira e baiana Solisluna Design Editora, com um significativo número de publicações adequadas para o público alvo dessa feira, naturalmente se fez presente com uma delegação de editores, designers, escritores e colaboradores, num total de sete pessoas que solícita e cordialmente apresentaram suas obras, obtendo excelentes resultados...

Ler mais →


Escritoras brasileiras apresentam 'Eclipse da Lua Azul' na Feira do Livro de Bolonha

em

Lançado pela editora Solisluna, obra conta uma história de ficção fantástica envolvendo amizade, amor e valoresRedação iBahia [caption id="" align="alignnone" width="768.0"] As autoras de 'Eclipse da Lua Azul' Érica Falcão e Débora Knittel / Foto Kin Guerra[/caption] As escritoras Débora Knittel e Érica Falcão estão na Itália para apresentar o livro 'Eclipse da Lua Azul – Mundo Humano', na 51ª edição da Feira do Livro Infantil de Bolonha. Lançada pela editora Solisluna, a obra conta uma história de ficção fantástica envolvendo amizade, amor e valores. A feira, que começou na última segunda-feira (24), acontece até esta quinta-feira, 27 de março. Em 2014, o evento tem o Brasil como país homenageado.Marcado por uma narrativa que busca fortalecer os valores humanos, 'Eclipse...

Ler mais →


Publicações baianas na Feira do Livro Infantil de Bolonha 2014

em

Solisluna Design Editora expõe seus títulos infantojuvenis na 51ª edição do evento, que tem o Brasil como país homenageado [caption id="" align="alignnone" width="436.0"] A Feira do Livro de Bolonha é a mais importante de publicações infantojuvenis[/caption] Acontece entre os dias 24 a 27 de março, a 51ª Feira do Livro Infantil de Bolonha (Bologna Children’s Book Fair), na Itália. A Solisluna Editora participa do estande coletivo brasileiro, junto a outras 27 editoras associadas ao programa Brazilian Publishers (BP) e demais associadas da Câmara Brasileira do Livro (CBL). A presença da Bahia na ocasião é um importante posicionamento frente à intenção de abertura do mercado externo à produção editorial brasileira e baiana, assim como à inserção do país e do estado...

Ler mais →


bonito e sonoro como um pururu gruom

em

bonito e sonoro como um pururu gruom

Alguns livros nos fazem rir – qualidade capaz de levar o leitor a virar e revirar páginas pra frente e pra trás, buscando repetir a experiência de ter encontrado inesperadamente um bocado de alegria. E, às vezes, rio, sei, tenho certeza: o riso desperta do próprio medo, quando, num repente... o medo passa! E essa qualidade para lidar com o riso tem o livro-brinquedo Que bicho doido!, de Enéas Guerra (Solisluna, 2012), para crianças pequenas, bem pequenas, que têm medo de bichos de orelhas pontudas, bicos, focinhos, bigodes, olhos fixos que emergem do território dos sonhos e assombros, entre os antigos mitos e os tutus que papam gente.
 

Ler mais →


Viva Saveiro: Patrimônio Naval da Bahia

em

Por Carlos Ribeiro A extraordinária importância que os saveiros tiveram na história  do Brasil e especialmente da Bahia, como meio de transporte de alimentos, pessoas, materiais de construção, animais e todo o tipo de mercadorias, é o principal enfoque deste livro que objetiva também conscientizar os leitores em geral, especialmente os poderes públicos,  sobre a necessidade de se preservar esta embarcação que se encontra, hoje, no limiar da extinção. Estima-se que, ao longo dos últimos cem anos, o número de saveiros na Baía de Todos-os-Santos tenha caído de 1.200 para duas dezenas, chegando ao final do século XX abandonado à sua própria sorte. Sua preservação não se limita, entretanto, ao salvamento de um determinado número de barcos, mas ao resgate...

Ler mais →